Fale com um Farmacêutico: +351 967 193 047 (Chamada para rede móvel nacional)
Entregas em Portugal Continental em 24h-48h (úteis)
Envios gratuitos a partir de 45€ (Portugal Continental)
Menu
Voltar
Fale com um Farmacêutico: +351 967 193 047 (Chamada para rede móvel nacional)
Entregas em Portugal Continental em 24h-48h (úteis)
Envios gratuitos a partir de 45€ (Portugal Continental)
Gino Canesten, 500mg (x1 comprimido vaginal)
Descrição

Gino-Canesten® comprimidos vaginais é um antifúngico utilizado para o tratamento de infecções genitais localizadas na vagina, vulva ou pénis, provocadas por um fungo chamado Cândida. 

Deve ser utilizado em candidíases vaginais recorrentes, quando a situação clínica é caracterizada por corrimento vaginal esbranquiçado, acompanhado de prurido vaginal e habitualmente com exacerbação pré-menstrual, e em infeções dos lábios genitais (vulva) e áreas adjacentes, bem como inflamação da glande e prepúcio do parceiro sexual causadas por leveduras (vulvite por Candida e Candidíase balânica).  Indicado na utilização em adultos e crianças com 12 ou mais anos de idade.  

Sintomas mais comuns da candidíase vaginal:

  • Comichão e irritação na área afetada;

  • Corrimento branco e espesso;

  • Vermelhidão, inchaço e sensibilidade na área afetada;

  • Dor ou desconforto.

Precauções especiais: 

Se a doente tiver febre (temperatura de 38°C ou superior), dor abdominal inferior, dor de costas, corrimento vaginal de mau odor, náuseas, hemorragia vaginal e/ou dor no ombro associada, a doente deverá consultar um médico.  O creme, quando aplicado na área genital (mulheres: intravaginalmente, lábios e área adjacente da vulva; homens: prepúcio e glande), pode reduzir a eficácia e a segurança de produtos à base de látex, tais como preservativos e diafragmas. Não recomendado no 1º trimestre da gravidez, nem em mulheres a amamentar. 

Uso interno e aplicação única: 1 comprimido vaginal com aplicador (500mg Clotrimazol) para um tratamento da Candidíase.

Existe também o Gino Canesten creme vaginal e o Gino Canesten de 6 comprimidos.

Como utilizar

1 comprimido vaginal deverá ser introduzido o mais profundamente possível na vagina à noite, ao deitar. Ao proceder-se à aplicação, deverá ser utilizada, de preferência, a posição de decúbito dorsal, com as pernas ligeiramente fletidas.

Os comprimidos vaginais de Gino-Canesten precisam de humidade na vagina para se dissolverem completamente. De outro modo, poderão libertar-se da vagina fragmentos não dissolvidos do comprimido. Para se prevenir esta situação, é importante inserir o comprimido vaginal o mais profundamente possível na vagina, ao deitar. Se, mesmo assim, o comprimido não se dissolver completamente numa noite, deverá ser considerada a utilização do creme vaginal.

 

Como utilizar: 

1. Após lavagem das mãos, puxe totalmente o êmbolo do aplicador. Coloque o comprimido vaginal no aplicador de forma que metade do comprimido fique fora do aplicador, com o lado arredondado para fora. Pressione ligeiramente com os dedos a ponta redonda do aplicador enquanto faz este procedimento.

2. Introduza o aplicador com o comprimido cuidadosamente e profundamente na vagina (de preferência na posição deitada de costas e com as pernas ligeiramente dobradas). Faça o tratamento à noite, ao deitar.

3. Empurre o êmbolo totalmente de modo a depositar o comprimido na vagina. Remova o aplicador.

 

Bayer

Gino Canesten, 500mg (x1 comprimido vaginal)

10.55€
[COD 5687306]
Gino Canesten comprimido vaginal é um antifúngico eficaz no tratamento de candidíases vaginais. Comprimido de uso único que deve ser inserido na vagina antes de dormir.
Stock: Disponível
Stock: Disponível
Descrição

Gino-Canesten® comprimidos vaginais é um antifúngico utilizado para o tratamento de infecções genitais localizadas na vagina, vulva ou pénis, provocadas por um fungo chamado Cândida. 

Deve ser utilizado em candidíases vaginais recorrentes, quando a situação clínica é caracterizada por corrimento vaginal esbranquiçado, acompanhado de prurido vaginal e habitualmente com exacerbação pré-menstrual, e em infeções dos lábios genitais (vulva) e áreas adjacentes, bem como inflamação da glande e prepúcio do parceiro sexual causadas por leveduras (vulvite por Candida e Candidíase balânica).  Indicado na utilização em adultos e crianças com 12 ou mais anos de idade.  

Sintomas mais comuns da candidíase vaginal:

  • Comichão e irritação na área afetada;

  • Corrimento branco e espesso;

  • Vermelhidão, inchaço e sensibilidade na área afetada;

  • Dor ou desconforto.

Precauções especiais: 

Se a doente tiver febre (temperatura de 38°C ou superior), dor abdominal inferior, dor de costas, corrimento vaginal de mau odor, náuseas, hemorragia vaginal e/ou dor no ombro associada, a doente deverá consultar um médico.  O creme, quando aplicado na área genital (mulheres: intravaginalmente, lábios e área adjacente da vulva; homens: prepúcio e glande), pode reduzir a eficácia e a segurança de produtos à base de látex, tais como preservativos e diafragmas. Não recomendado no 1º trimestre da gravidez, nem em mulheres a amamentar. 

Uso interno e aplicação única: 1 comprimido vaginal com aplicador (500mg Clotrimazol) para um tratamento da Candidíase.

Existe também o Gino Canesten creme vaginal e o Gino Canesten de 6 comprimidos.

Como utilizar

1 comprimido vaginal deverá ser introduzido o mais profundamente possível na vagina à noite, ao deitar. Ao proceder-se à aplicação, deverá ser utilizada, de preferência, a posição de decúbito dorsal, com as pernas ligeiramente fletidas.

Os comprimidos vaginais de Gino-Canesten precisam de humidade na vagina para se dissolverem completamente. De outro modo, poderão libertar-se da vagina fragmentos não dissolvidos do comprimido. Para se prevenir esta situação, é importante inserir o comprimido vaginal o mais profundamente possível na vagina, ao deitar. Se, mesmo assim, o comprimido não se dissolver completamente numa noite, deverá ser considerada a utilização do creme vaginal.

 

Como utilizar: 

1. Após lavagem das mãos, puxe totalmente o êmbolo do aplicador. Coloque o comprimido vaginal no aplicador de forma que metade do comprimido fique fora do aplicador, com o lado arredondado para fora. Pressione ligeiramente com os dedos a ponta redonda do aplicador enquanto faz este procedimento.

2. Introduza o aplicador com o comprimido cuidadosamente e profundamente na vagina (de preferência na posição deitada de costas e com as pernas ligeiramente dobradas). Faça o tratamento à noite, ao deitar.

3. Empurre o êmbolo totalmente de modo a depositar o comprimido na vagina. Remova o aplicador.

 

5 estrelas em 5 no facebook

Descubra o que os nossos clientes dizem sobre nós no facebook

Envio Gratuito

Entre 24h a 48h (Portugal Continental)

Aconselhamento Personalizado

Prestado por Farmacêutico

Preços Baixos

Os nossos preços são baixos durante todo o ano